Receba $ 10.000 grátis para a conta DEMO

Definição de um Gráfico Forex

O que é um Gráfico Forex?

Um gráfico forex representa o comportamento histórico do movimento de preço relativo entre dois pares de moedas de maneira visual, em vários intervalos de tempo.

Principais Aspectos

  • Um gráfico forex representa o comportamento histórico do movimento de preço relativo entre dois pares de moedas de maneira visual, em vários intervalos de tempo.
  • Um gráfico forex, de maneira básica, permite que o trader visualize o que ocorreu no passado, o que de acordo com analistas técnicos pode ser um indicador do movimento futuro dos preços.
  • Os tipos mais comuns de gráficos forex são do tipo linha, barra e candlestick (padrão vela), e os intervalos de tempo que a maioria dos gráficos mostram vão desde dados instantâneos a dados anuais.

Compreendendo os Gráficos Forex

Um gráfico forex, de maneira básica, permite que o trader visualize o que ocorreu no passado, o que pode ser um indicador do movimento futuro dos preços, de acordo com analistas técnicos. A maioria das corretoras Forex fornece um software que mostra gráficos Forex gratuitamente para os clientes que tenham contas de negociação abertas e com fundos. Os Gráficos Forex, como aqueles disponíveis para outros títulos, apresentam informações úteis para a análise técnica de um par de Forex (FX) específico.

Os gráficos Forex são ferramentas essenciais para os traders que desejam incorporar análises técnicas para determinar onde podem investir seus fundos, já que através desta análise eles podem perceber a existência de tendências. A análise técnica é a junção da revisão dos preços de mercado anteriores e dos indicadores técnicos para prever os movimentos futuros de um investimento. Esses técnicos acreditam que os movimentos de preços de curto prazo são o resultado das forças de oferta e demanda no mercado por um determinado título. Assim, para os técnicos, os fundamentos do ativo são menos relevantes do que o equilíbrio atual de compradores e vendedores.

Os tipos mais comuns de gráficos forex são do tipo linha, barra e candlestick ( padrão vela), e os intervalos de tempo que a maioria dos gráficos mostram vão desde dados instantâneos a dados anuais. Um gráfico forex típico mostrará o período de tempo no eixo x e a taxa de câmbio no eixo y.

Gráficos Forex com Indicadores Técnicos

Os gráficos Forex terão configurações personalizáveis para indicadores técnicos, como preço, volume e contratos em aberto. Os traders mais ativos geralmente usam esses indicadores, uma vez que são projetados para analisar os movimentos de preços de curto prazo.

Existem dois tipos básicos de indicadores técnicos:

  • Sobreposições: esses indicadores fazem exatamente o que o nome indica. Eles podem usar a mesma escala dos preços e traçar o topo dos preços em um gráfico. Os exemplos incluem médias móveis e Bandas Bollinger®.
  • Osciladores: indicadores técnicos que oscilam, ou mudam, entre um mínimo e um máximo local, e irão traçar ou exibir um gráfico com preços acima ou abaixo. Os exemplos incluem o MACD (divergência/convergência de média móvel) ou RSI (índice de força relativa).

A maioria dos softwares de gráficos terá muitos tipos de indicadores técnicos que você pode escolher. Portanto, com milhares de opções disponíveis, o investidor deve selecionar aquelas que funcionam melhor para ele. Além disso, esses indicadores podem, na maioria dos casos, fazer parte de um sistema de negociação automatizado.

O software de gráficos Forex também pode estar disponível em uma corretora por meio do uso de uma conta de demonstração ou de teste. É aconselhável que os novos operadores experimentem algumas corretoras que possuem ofertas de gráficos diferentes antes de decidir onde vai abrir sua conta.

Negociação Forex e a Teoria de Dow

Comerciantes e investidores se envolvem em análises técnicas de investimentos desde que os mercados foram lançados, mas ninguém fez mais para popularizá-los do que Charles Dow, jornalista Americano e fundador da Dow Jones Company, o Dow Jones Industrial Average (DJIA) e The Wall Street Journal.

A Dow publicou centenas de editoriais no The Wall Street Journal, muitos dos quais defendiam suas teorias sobre a análise técnica dos movimentos dos preços das ações. Hoje, muitos traders forex seguem suas teorias para negociar no mercado forex estrangeiro (FX).

A teoria de Dow, conforme codificada por seus sucessores no The Wall Street Journal, é composta por seis princípios, que argumentam que os preços dos ativos se movem com base nas tendências que resultam da disseminação de novas informações.A teoria Dow valoriza o estudo do volume de negociação para entender a dinâmica subjacente de um mercado, e os traders forex que acatam seu conselho geralmente descontam as mudanças nas taxas de câmbio que resultam de um baixo volume de negociações.

Termos Relacionados

Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros. Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.